segunda-feira, 26 de julho de 2010

Ressaca Esportiva - Salve a Seleção!

Antes de mais nada, gostaria de me desculpar pelas duas semanas de ausência. Tive um probleminha com meu modem e a lan house da esquina fechou, e por isso fiquei impossibiltado de vir aqui. Mas isso já faz parte do passado. A sua Ressaca Esportiva, a melhor coluna esportiva de segunda feira já está de volta! Um brinde!

Bem, feita minha mea culpa vamos que interessa. A nova Seleção Brasileira. Com Mano Menezes no comando, como eu disse aqui nessa coluna durante a Copa do Mundo. Apesar dos críticos dizerem que Mano nunca ganhou nada, além de duas Série B, um Paulistão e uma Copa do Brasil, me agrada a maneira como ele ara seus times, que vencem jogando bem. Lembro que na lendária Batalha dos Alfitos, quando o Grêmio estava com todos aqueles jogadores a menos, ele não abdicou de atacar - e foi premiado com aquele gol incrível do Anderson, atualmente no Manchester United. Se ele fizer a Seleção jogar como o Corinthians do ano passado, já terá o torcedor ao seu lado.

Porque é exatamente esse o maior problema da Seleção Canarinho. Falta identificação com o povo, não porque a maioria dos jogadores está no exterior, não porque falte compromisso, paixão pelo país etc etc etc como muitos ignorantes dizem por aí desde que a gente perdeu pra França em 2006. O povo não se identifica com a Seleção por uma simples razão. A Seleção joga mal, feio e é burocrática. É um apenas um time de futebol quando deveria ser a maior Seleção de craques do planeta.

É isso que se espera do treinador da Seleção Brasileira. Reuní-los. Amanhã Mano Menezes começará a mostrar se vai ser o homem com a coragem de fazê-lo ou se será apenas mais um técnico entre os tantos que passaram pela Seleção. Porque mais do que vencer a Copa do Mundo em 2014 no Brasil, o povo esperá que a Seleção jogue bem. Ninguém, desde o povo até a imprensa, aceitará que a Seleção que um dia já foi de Leônidas, Garrincha, Nílton Santos, Amarildo, Vavá, Zagallo, Pelé, Rivelino, Tostão, Jarzinho, Gérson, Clodoaldo, Zico, Sócrates, Falcão, Taffarel, Romário, Bebeto e Ronaldo Fenômeno, seja a Seleção dos Gilbertos Silvas, Josués e Afonsos Alves.

Está na hora de salvar a Seleção Brasileira! E fica aqui a nossa torcida para que Mano Menezes entenda que, para isso, basta só uma coisa: que ele convoque os melhores.


Ah, e como eu não sou de tirar o pé de dividia, aqui vai a minha Seleção.
(PS: como o prazo para convocar jogadores que atuam no exterior expirou ontem, vai só com quem ta jogando em gramados brasucas mesmo, e sem os jogadores de Inter e São Paulo, que estão envolvidos na disputa da Libertadores e não serão convocados).

Goleiros: Victor (Grêmio), Jéfferson (Botafogo) e Fábio (Cruzeiro)
Laterais: Léo Moura (Flamengo), Mariano (Fluminense), Carlinhos (Fluminense) e Diego Renan (Cruzeiro)
Zagueiros: William (Corinthians), Réver (Atlético Mineiro), Danilo (Palmeiras) e Rafael Tolói (Goiás)
Volantes: Willians (Flamengo), Henrique (Cruzeiro), Pierre (Palmeiras) e Arouca (Santos)
Meias: Paulo Henrique Ganso (Santos), Bruno César (Corinthians), Diego Souza (Atlético Mineiro) e Douglas (Grêmio)
Atacantes: Neymar (Santos), Thiago Ribeiro (Cruzeiro), André (Santos) e Diego Tardelli (Atlético Mineiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário