segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Ressaca Esportiva - Uma Certeza & Uma Dúvida

Alô, tripulação! Uma ótima tarde a todos e sejam bem vindos mais uma vez. Esse fim de semana até que foi bem movimentado no esporte, né. Teve GP do Brasil de F-1, mais uma rodada eletrizante do Brasileirão, e mais uma vitória maiúscula da nossa Seleção feminina de vôlei . E sendo assim, vamos lá.

Na F-1, já falei. Nem a RBR nem um milagre da McLaren tiram o tri de Fernando Alonso. Na pista, o Príncipe das Astúrias não tem como perder. Ele pode ser sujo às vezes, ser meio marrento, mas pilota muito. E na F-1, pra ser campeão, é preciso de uma certa dose de "maldade no coração", como diz nosso nobre amigo, Cyrão O Implacável. Todos os grandes campeões da categoria tinham isso. Prost, Mansell, Senna, Schumacher, todos eles tinham tanta sede de vencer que não pensariam duas vezes antes de disputar uma curva e jogar o carro pra cima de alguém. Hill e Raikkonen só ganharam quando aprenderam isso. Pilotos que não aprenderem isso, não serão campeões, por melhor que sejam, como é o caso do nosso Barrichello. Não tem jeito. E talvez, essa seja a única maneira da RBR bater o espanhol no GP de Abu Dhabi. Mandar um de seus pilotos tirar o Alonso da corrida e tentar ser campeão com o outro. Como duvido que façam isso - até porque é mais fácil Vettel e Webber baterem entre si novamente -, acho que Alonso se juntará ao seleto grupo de tricampeões mundiais na próxima corrida.

No Brasileirão, parece que eu me precipitei um pouco porque tanto Corinthians quanto Flu se recuperaram rapidamente da maré de desfalques e jogos horríveis e estão mais do que nunca na briga pelo título de 2010. Mais até que os outros concorrentes que eu apostava mais, como Cruzeiro e Botafogo. Claro que tudo ainda pode mudar, caso o time de Cuca vença o Corinthians na próxima rodada, mas, sinceramente, acho difícil. Depois da surra que levou do Atlético no clássico mineiro, o Cruzeiro parece um time abatido e a estrela de Montillo não tem brilhado tanto. Do mesmo modo, ocorre com o Botafogo, embora o maior problema alvinegro sejam os defalques. São muitos a cada jogo, e isso está fazendo muita diferença nessa reta final. Como nunca acreditei no Inter mesmo, e os deuses do futebol nunca deixariam o Santos ser campeão depois do que eles fizeram com o Dorival, restam apenas Grêmio e Atlético Paranaense. E convenhamos que nenhum dos 2 parece ter força - ou sorte - suficiente para tirar o título dos 3 primeiros colocados. Mas, a julgar pelos últimos Brasileiros, não é nenhum erro admitir também que tudo pode acontecer...

E é assim, com uma certeza na F-1 e uma dúvida no Brasileirão, que me despeço. Mas não sem antes dizer que realmente, o Brasil é o país do vôlei. Como estão jogando as nossas meninas também, hem... Não demora muito e mais um mundial vai pra estante da CBV.

Fonte: Paul Gilham/Getty Images. Fernando Alonso após
vencer o GP de Monza. Líder do mundial de F-1, o espanhol
tem tudo para repetir a festa e ser tri campeão em Abu Dhabi

Nenhum comentário:

Postar um comentário