sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Queimando o Filme! - O Som do Coração

Hoje não é meu dia de postar - já estou assumindo antes que alguém reclame! Mas, eu tinha que compartilhar com vocês a minha emoção, talvez exagerada e feminina ao extremo, mas nem por isso menos verdadeira, em assistir esse filme. Acho que com o passar dos anos estou ficando de coração mole... Rs!

Sei que esse filme não é novo e muitos de vocês já podem ter visto, mas pra mim foi uma grata surpresa. Comecei a ver de tarde, meio que por acaso, entre minhas tarefas diárias, não dando muita atenção, mas algo nele me tocou, e parei tudo que estava fazendo para me transportar para esse mundo de "O Som do Coração".

Esse filme é a mais pura poesia, dor, sinceridade e amor que já vi sendo passado por qualquer dos meios de comunicação dos quais tenho contato. Até mesmo as partes mais fantasiosas fazem-no ser ainda mais verdadeiro. E as músicas são composições emocionantes, repletas de intensidade que só uma alma magnífica poderia compor.

Fiquei realmente inspirada, feliz e completa, como há algum tempo nada me fazia sentir. Como pode um filme fazer isso com alguém? Principalmente alguém como eu, que para quem conhece, sabe que nunca chora com filme algum. Nesse, foi natural sentir as lágrimas caírem - e não pense que foi por tristeza. Foi simplesmente um sentimento de felicidade e contentamento. Realmente me sinto inspirada com minha própria vida depois disso, e grata por ter podido sentir tudo isso novamente! Veja e me conte sua opinião também, ok?

O SOM DO CORAÇÃO (Drama/Musical - Livre - August Rush - EUA, 2007. Diretor: Kirsten Sheridan. Elenco: Freddie Highmore, Keri Russell, Jonathan Rhys Meyers, Leon G. Thomas III, Terrence Howard, Robin Williams, Alex O'Loughlin. Duração: 113 min): Evan é um garoto de um orfanato que possui um dom musical impressionante. Ele é o fruto do encontro apaixonado da violoncelista Lyla e do roqueiro Louis, que foram tragicamente separados pelo pai da moça. Eles seguiram seus caminhos separados sem saber que Evan estava vivo, e com a certeza de que eram feitos um para o outro. Evan nunca perdeu a esperança de encontrar seus pais e em sua busca, ele foge para Nova York, onde recebe a ajuda de Wizard (Robin Williams), um empresário de rua. Uma história comovente sobre a magia da música e o poder do amor.

Este clipe é da minha parte musical favorita do filme. A canção é Something Inside, de Steve Erdody e Jonathan Rhys Meyers.

Nenhum comentário:

Postar um comentário